Os Benefícios da Comunicação Assertiva

Os Benefícios da Comunicação Assertiva

O dia a dia da maioria das pessoas é repleto de oportunidades de interação. Desde um cumprimento habitual até falas mais longas, nós estamos sempre nos posicionando em relação às coisas. Por isso, uma habilidade fundamental da comunicação eficiente é a assertividade. Ter uma comunicação assertiva é ser capaz de falar com clareza e, especialmente, saber expressar as opiniões de uma maneira tranquila.

Mas eu sei, nem sempre é uma tarefa fácil. O convívio com pessoas que pensam e agem de modo diferente é um grande exercício de civilidade, algo muito importante para os dias atuais em que há tanta intolerância.

Eu costumo dizer que não há assunto que não possa ser tratado. Porém, tem hora e jeito certo de falar.

O que isso tem a ver com a sua vida?

A pessoa com a comunicação assertiva tem a capacidade de perceber o momento certo de falar e a forma de expressar o que pensa. Isso faz com que o outro pare para ouvi-la com respeito e consideração, mesmo que pense de modo contrário.

Uma pessoa atenta à comunicação tem mais responsabilidade sobre o que fala. Se, de modo geral, as pessoas se preocupassem em serem mais assertivas, elas falariam menos, mas falariam melhor porque trariam mais objetividade e entendimento às conversas.

Uma consequência prática: a melhora da produtividade em reuniões.

Acredito que você já tenha participado de muitas reuniões em que sentiu o seu tempo sendo desperdiçado pela falta de organização na fala dos participantes. Isso é algo constante.

A dificuldade em se fazer entender limita a comunicação e pode gerar muitos mal entendidos. Por outro lado, a clareza e a segurança regem o comportamento do indivíduo assertivo e trazem muitos benefícios no modo de agir, que refletem em autoconfiança. Quem é assertivo não fica em cima do muro, porque tem clareza de que a sua opinião é importante e sabe como colocá-la, em todas as situações. Por isso, consegue se posicionar de forma equilibrada e tranquila. 

Em primeiro lugar, diferente do que muitos pensam, a assertividade não está relacionada a um comportamento agressivo e impositivo. Em segundo lugar, também não é assertivo aquele que se considera “transparente” demais e fala tudo que pensa, sem se preocupar com o outro. Mas então, como exercitar a comunicação assertiva? Explico agora:

Como praticar comunicação assertiva no dia a dia:

  • Expresse suas opiniões com segurança, independentemente de quem lhe ouve.
  • Não fale por impulso. Se estiver sob emoção, respire e reflita se o que você vai dizer é adequado ao momento.
  • Cultive o hábito de ouvir e refletir sobre as opiniões diferentes das suas, sem reagir emocionalmente.
  • Exercite calar na hora certa.
    Seja cuidadoso com o que diz e procure  sempre perceber qual o significado que uma palavra tem para o outro.
  • Esteja sempre bem preparado para falar em reuniões e em público. 
  • Fale com clareza e sem hesitação. Evite os “ééés” e os vícios de linguagem.
  • Use bem a sua voz.  
  • Avalie sempre se o que você tem para dizer sempre falar de forma coerente e adequada ao momento. 

Lembre-se:

Os segredos da comunicação estão relacionados a observar, ouvir, falar e agir de acordo. Quem fala bem, vive melhor e faz as pessoas em torno de si mais felizes.

Quer mais dicas para ter uma comunicação assertiva? Assista ao bate-papo que participei sobre assertividade no bloco “Guia Prático para um Mundo Livre”, apresentado pela locutora Silvia Sprenger, na rádio Mundo Livre Fm, de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *